Menú

Martes de Cine: atividades de lazer levam informação para venezuelanos em Manaus durante a pandemia

...

Martes de Cine: atividades de lazer levam informação para venezuelanos em Manaus durante a pandemia

OIM Brasil, 14 Jul 2020

URL: https://brazil.iom.int/news/martes-de-cine-atividades-de-lazer-levam-informa%C3%A7%C3%A3o-para-venezuelanos-em-manaus-durante
Manaus - As “Martes de Cine” (Terças de cinema, em português) produzidas pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Manaus têm levado entretenimento e informação a refugiados e migrantes abrigados na rodoviária da cidade. Realizada em parceria com a Operação Acolhida, resposta humanitária do governo federal, o intuito da atividade é oferecer conhecimento aos venezuelanos de maneira descontraída e respeitando as medidas preventivas, para apoiá-los nesse período de pandemia.



“Há sempre a preocupação de prover necessidades básicas, como alimentação, água e higiene, que são realmente importantes neste momento da pandemia, mas garantir o acesso ao lazer e recuperação emocional dos migrantes e refugiados não pode ser esquecido. Foi essa a intenção quando criamos a programação. E percebemos que fez muita diferença no bem-estar e convívio dos venezuelanos”, destaca a coordenadora do escritório de Manaus da OIM, Jaqueline Almeida.



A cada sessão, após a exibição do filme da semana, atividades de bate-papo, palestras sobre direitos e outras informações relevantes para o público dão seguimento à programação. Para acompanhar, suco e pipoca são oferecidos ao público.



Sem descuidar das medidas de prevenção com a pandemia de COVID-19, os participantes, que já passam o dia no local, são acomodados de forma espaçada, usam máscara obrigatoriamente e recebem informações de prevenção e higiene pessoal.



A ação também é realizada em conjunto com o centro cultural Casarão de Ideias, já parceira da OIM no festival Cine Migração, e que durante esse período de fechamento das salas, está mais uma vez apoiando ações destinadas a refugiados e migrantes que podem ser realizadas em segurança.



“O Cine Casarão desde quando surgiu tem uma função cultural e social, nesse período que estivemos parados começamos a projetar novas possibilidades e outras funções para o cinema. A nossa participação no Martes de Cine é mais uma possibilidade no fazer social do Casarão, ao levar arte e sociabilizar com outras pessoas”, relata Diretor e Fundador do Casarão de Ideias, João Fernandes.



Os venezuelanos atendidos na área da rodoviária de Manaus recebem apoio de segurança, alimentação, higiene pessoal e local para dormir e guardar seus pertences com apoio das organizações que integram a Operação Acolhida, enquanto esperam vagas em abrigos ou outros apoios.



Manaus - As “Martes de Cine” (Terças de cinema, em português) produzidas pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Manaus têm levado entretenimento e informação a refugiados e migrantes abrigados na rodoviária da cidade. Realizada em parceria com a Operação Acolhida, resposta humanitária do governo federal, o intuito da atividade é oferecer conhecimento aos venezuelanos de maneira descontraída e respeitando as medidas preventivas, para apoiá-los nesse período de pandemia.



“Há sempre a preocupação de prover necessidades básicas, como alimentação, água e higiene, que são realmente importantes neste momento da pandemia, mas garantir o acesso ao lazer e recuperação emocional dos migrantes e refugiados não pode ser esquecido. Foi essa a intenção quando criamos a programação. E percebemos que fez muita diferença no bem-estar e convívio dos venezuelanos”, destaca a coordenadora do escritório de Manaus da OIM, Jaqueline Almeida.



A cada sessão, após a exibição do filme da semana, atividades de bate-papo, palestras sobre direitos e outras informações relevantes para o público dão seguimento à programação. Para acompanhar, suco e pipoca são oferecidos ao público.



Sem descuidar das medidas de prevenção com a pandemia de COVID-19, os participantes, que já passam o dia no local, são acomodados de forma espaçada, usam máscara obrigatoriamente e recebem informações de prevenção e higiene pessoal.



A ação também é realizada em conjunto com o centro cultural Casarão de Ideias, já parceira da OIM no festival Cine Migração, e que durante esse período de fechamento das salas, está mais uma vez apoiando ações destinadas a refugiados e migrantes que podem ser realizadas em segurança.



“O Cine Casarão desde quando surgiu tem uma função cultural e social, nesse período que estivemos parados começamos a projetar novas possibilidades e outras funções para o cinema. A nossa participação no Martes de Cine é mais uma possibilidade no fazer social do Casarão, ao levar arte e sociabilizar com outras pessoas”, relata Diretor e Fundador do Casarão de Ideias, João Fernandes.



Os venezuelanos atendidos na área da rodoviária de Manaus recebem apoio de segurança, alimentação, higiene pessoal e local para dormir e guardar seus pertences com apoio das organizações que integram a Operação Acolhida, enquanto esperam vagas em abrigos ou outros apoios.





Agenda da Semana



A próxima sessão ocorre na terça-feira, 30 de junho, de 14h30 às 17h, e o filme exibido será a animação mexicana de 2017, Coco (no Brasil: Viva: a vida é uma Festa), que conta a história de determinação de um menino para alcançar seu sonho.



Antes do filme principal também são exibidos filmes da plataforma online da OIM, a Lockdown Film Club. Na próxima terça será a vez de El día de la Virgem (24 min, 2016, Palestina), que conta a história de uma família em uma terra dividida.



Estas atividades são realizadas com o apoio financeiro do Escritório de População, Refugiados e Migração (PRM) do Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Agenda da Semana



A próxima sessão ocorre na terça-feira, 30 de junho, de 14h30 às 17h, e o filme exibido será a animação mexicana de 2017, Coco (no Brasil: Viva: a vida é uma Festa), que conta a história de determinação de um menino para alcançar seu sonho.



Antes do filme principal também são exibidos filmes da plataforma online da OIM, a Lockdown Film Club. Na próxima terça será a vez de El día de la Virgem (24 min, 2016, Palestina), que conta a história de uma família em uma terra dividida.



Estas atividades são realizadas com o apoio financeiro do Escritório de População, Refugiados e Migração (PRM) do Departamento de Estado dos Estados Unidos.